terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Homem que é homem aguenta tudo?

video

3 comentários:

Helena Freitas disse...

...porque será tão inevitável rirmos das desgraças alheias?

Helena Freitas disse...

...porque será tão inevitável rirmos das desgraças alheias?

JB disse...

Acho que depende do tipo de desgraça. Se for como esta que se vê no anúncio, acho que é mais pelo burlesco. Mas há outras vezes que se ri da humilhação do outro - são as piores.
Há ainda aquela coisa de fazer anedotas com as desgraças públicas. Aí, normalmente, estamos apenas a arranjar um modo de lidar com algo que não controlamos. Ou seja, Freud explica. :)